quarta-feira, 21 de maio de 2008

Acesso ao crédito e inflação

A galera tá reclamando que só falo do Coringão aqui.... como o Timão perdeu ontem (roubado), então vou copiar um texto do meu amigo Bruno Scalco, sobre economia. Gostei muito e acho importante com partilhar com todos.

"O consumo no Brasil tem subido, muito, pricipalmente devido ao aumento do consumo das classes D e pricipalmente C. Mas os setores industrial, agropecuário e de serviços não têm acompanhado esse crescimento, assim a relação oferta/demanda está diminuindo, ou seja o número de pessoas que querem comprar aumentou mais do que a quantidade de produtos a serem vendidos, então os preços sobem. Normalmente nos casos de inflação o consumo aumenta por conta do aumento dos salários, no Brasil não é bem assim, grande parte desta pressão inflacionária também se deve ao crédito. Reflita comigo, sem preconceito nenhum contra a classe, hoje eu peguei o ônibus para voltar da faculdade e o cobrador do ônibus estava falando num celular que custa R$ 800,00, você acha que um cobrador que ganha, em média R$ 1200,00 por mês pode gastar 800 num celular? Não, então o que ele faz? Vai nas Casas Bahia e financia o celular a crédito em 168 vezes, com juros de 100% ao ano. O aumento de salário também influi, mas o crédito tem uma parcela de culpa grande na inflacão.
Existem várias maneiras de controlar esta inflação, eu particularmente não concordo com o plano do governo para o controle inflacionário, a criação de um fundo soberano pode não beneficiar a todos, a PDP (política de desenvolvimento produtivo) custa muito caro ao contribuinte com subsídios e renúncia fiscal e, normalmente atinge só alguns objetivos, mas o que mais me assusta é a elevação da taxa de juros, num país onde a prioridade número 1 é o cresimento dos setores que não acompanham o resto do país o aumento de juros pode dar um fim ao começo."

Bruno Scalco

Fonte: Blog da JPSDB Curitiba - jpsdbcuritiba.blogspot.com

Um comentário:

Bruno Scalco disse...

Pelo que eu me recordo não dei o direito de reprodução do meu texto a vossa excelência.
haha