quarta-feira, 4 de junho de 2008

Mulher de líder das FARC é empregada por Lulla e pelo GOVERNO do PARANÁ

A mulher de Olivério Medina, o representante das Farc no Brasil, foi contratada pelo governo Lulla. Agora só falta arranjar um emprego para a mulher de Fernandinho Beira-Mar, outro criminoso ligado às Farc.

Angela Maria Slongo foi contratada no final de 2006 pelo Ministério da Pesca, ligado ao Gabinete da Presidência da República, no mesmo período que o seu marido estava preso em Brasília a pedido so Governo Colombiano, acusado de assassinatos e atos terroristas.

Essa é mais uma das averiguações que ligam o PT, consequentemente membros do Governo Federal às FARC, notadamente um grupo terrorista e ligado ao tráfico de drogas.

De acordo com o site do jornalista Diego Casagrande a comPeTente Angela ainda acumula salário pago pelo GOVERNO DO PARANÁ. . .

O Senador Arthur Virgílio (PSDB-AM), encaminhou nesta segunda um pedido de esclarecimento ao Ministro da Pesca (Altemir Gregolin), sobre a contratação de Angela Maria.


Mais informações em: http://www.diegocasagrande.com.br/index.php?flavor=vejamais&id=21527

Fonte: Blog da JPSDB Curitiba

Um comentário:

Lívia disse...

quanta cultura por aqui!
visitei e curti, voltarei mais vezes.
beijo pittsinha!