quarta-feira, 22 de julho de 2009

A UNE fomos nós

Não gosto de copiar textos no meu Blog, mas, como ainda não escrevi nada sobre minha ida para o Congresso da UNE no último final de semana, vai um texto de um comunista aí. Apesar de algumas discordâncias ideológicas, no final das contas o cara mandou bem.

"O congresso da UNE na semana passada começou e acabou no mesmo dia. Após a palavra do primeiro orador, não havia mais o que discutir.

Logo na abertura, acompanhado de sua candidata à sucessão, o Presidente da República - que havia mandado o Estado pagar a conta do evento - deu o tom e a linha política, defendendo um programa de seu governo (PROUNI) que deveria ser objeto de um grande debate num congresso de estudantes, já que repassa verbas públicas para o ensino privado, os "tubarões do ensino", no antigo jargão da UNE.

Mas como criticar o programa, se o Ministério da Educação entrou com 600 mil reais, na "vaquinha" estatal para organizar o congresso, cuja prestação de contas, como a das famosas carteirinhas, ninguém verá. A UNE, que já foi uma escola de política, se transformou numa escola de políticos, no pior sentido da palavra.

O importante para os organizadores do "congresso", na verdade, foi o ato público de louvação a Lula e apoio à sua candidata em 2010. O resto é a matemática de contar os crachás de delegados levados pela máquina e eleger quem vai exercer a presidência da entidade, meio caminho andado para a Câmara dos Deputados.

Não faltou também uma passeata sobre o tema do petróleo. Não com o discurso combativo dos anos cinqüenta do século passado, em que a UNE foi um dos baluartes da campanha "O petróleo é nosso".

A manifestação chapa branca foi contra a CPI da Petrobrás e não pela reestatização da empresa, como lutam unitariamente as forças progressistas, em torno da atual campanha "O petróleo tem que ser nosso".

Também, pudera. A maioria da direção da UNE é do mesmo partido que dirige a ANP, a agência que opera a privatização e a entrega do nosso petróleo às multinacionais.

Mas a juventude brasileira não pode entregar os pontos. Não pode desistir de resgatar a independência e a tradição de luta da UNE, rendendo-se aos que a aparelham e envergonham a sua história.

Também não se trata de criar uma UNE paralela, um outro aparelho partidário, outra forma de se render à maioria eventual que hoje desvia a entidade de seus objetivos.

A juventude brasileira que ainda se rebela contra a injustiça e a iniqüidade precisa construir um amplo "Movimento pela Reconstrução da UNE" que, a partir das escolas e dos Centros Acadêmicos, tome nas mãos as rédeas do movimento estudantil e saia às ruas de todas as cidades brasileiras, voltando a gritar bem alto o mais histórico refrão da entidade:

"A UNE somos nós, nossa força, nossa voz!"

Ivan Pinheiro é Secretário Geral do PCB


Fonte: Blog do Noblat

terça-feira, 14 de julho de 2009

Crise no Senado divide senadores governistas

Base aliada do governo está dividida. O surgimento de sucessivas denúncias contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), levou o senador Pedro Simon (RS) a defender a renúncia do colega do comando da Casa na sessão desta terça-feira (14).

"Chegamos ao limite do mínimo da responsabilidade que nós podemos ter. Eu digo com a maior tristeza, com a maior mágoa. Nessa altura, não adianta o presidente Sarney se licenciar. Ele tem que renunciar à presidência do Senado. Ele tem que fazer o que os seus antecessores fizeram. Ele deve renunciar à presidência", defendeu Simon.

As declarações de Simon foram realizadas durante pronunciamento em que o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), anunciava a apresentação de uma nova representação por quebra de decoro contra o presidente da Casa.

Favorável ao afastamento de Sarney, o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) foi além e argumentou que a evolução das denúncias poderia levar a um processo de cassação contra Sarney.

"Primeiro foi pedido a licença, agora já se cogita a renúncia dele. Se continuar nessa tendência, logo irão pedir a cassação do presidente Sarney. Não será caso de renúncia, mas sim de cassação. Ele está caminhando para um processo parecido com o que ocorreu com o Renan", afirmou Cristovam fazendo referência ao episódio em que o líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), então no comando da Casa, quase foi cassado pelos colegas.

O PT também vê a situação de Sarney muito complicada, já pediu o afastamento do coronel, contudo Lula vem segurando o ímpeto do Senado .

Fonte: G1

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Batman de Tim Burton (1989), um marco no cinema!


Eu, um grande fã do Batman não posso deixar de lembrar desse grande sucesso que foi o filme de Tim Burton lançado em 1989. Vai então um um pedaço de uma reportagem do G1:

Justificar"Escolher um cineminha de final de semana em junho de 1989 era tarefa fácil. "Querida, encolhi as crianças", "Sociedade dos poetas mortos", "Caça-fantasmas 2", "Karatê Kid III"... Mas, por mais saudades que tenham deixado, talvez nenhum destes clássicos do cinema pop tenha a força para rivalizar com "Batman", o primeiro da bem-sucedida franquia dos quadrinhos, lançado nos Estados Unidos em 23 de junho de 1989.

Com um orçamento de mais de US$ 30 milhões - considerado alto para a época -, "Batman" chegou às telas em plena comemoração dos 50 anos do herói da DC Comics. Dirigido por um Tim Burton recém-saído de "Os fantasmas se divertem" e ainda relativamente pouco conhecido, o longa-metragem foi o primeiro do homem-morcego desde o filme para a TV lançado em 1966.

De início, o anúncio foi recebido com desconfiança pelos fãs de quadrinhos, mas assim que o trailer chegou às salas de cinema não se falou mais em outra coisa no mundo pop. Estampado em camisetas, bonés, adesivos, lancheiras e outros itens, o famoso (e retrabalhado) logotipo de Batman se espalhou com velocidade pelos quatro cantos do planeta, num fenômeno que ficou conhecido como Batmania e rendeu US$ 750 milhões apenas em merchandising - número maior até que os US$ 413 milhões arrecadados nas bilheterias mundiais pelo filme."

Leia mais aqui


Fonte: G1

sábado, 4 de julho de 2009

Dica de site: Spoiler Movies

O Spoiler é um site bem completo com referências e críticas sobre os últimos grandes lançamentos do cinema, além de uma boa fonte de consulta da primiação do Oscar.

Pra quem gosta de um bom filme, vale a pena. E pra quem quer saber sobre as críticas de filmes recentes, ta aí a dica!


http://spoilermovies.com/

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Me interna!!!! És do Brasil o clube mais brasileiro!!!


Ahhhhhhhhhh....

Que loucura! Hoje fui na sede da Fiel em Curitiba, que loucura estou sem voz, amanhã vou trabalhar pro gestos!

Incontestável! Fomos melhores e ganhei duas apostas nessa brincadeira, uma vou cobrar amanhã na Casa da Coxinha, a outra deixa pro Congresso da UNE....

O Campeão voltou!