segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Sérgio Guerra chama o pecado pelo nome


O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), no encontro do PSDB em Natal, chamou o pecado pelo nome:

Disse que as obras que o governo Lula leva à vitrine são empreendimentos de garganta. Centrou fogo na região nordestina.

“Nordeste é uma série de promessas não cumpridas. A transposição do rio São Francisco está parada, duplicação da BR 101 não vai a lugar nenhum…”

“…A refinaria [de Pernambuco] era para custar R$ 8 bilhões, agora está em R$ 24 bilhões…”

“…Nada explica um desvio desse tamanho, senão a coleção de irregularidades que o TCU já detectou”.

Disse que, para tentar empinar a própria candidatura presidencial, a chefe da Casa Civil inaugura pedras fundamentais, não obras.

“A ministra Dilma não tem nada o que inaugurar. Até o próximo ano será só pedra fundamental, pedra fundamental. O Nordeste precisa muito mais do que recebe”.

Fonte: Blog do Josias

Nenhum comentário: