domingo, 16 de outubro de 2011

O reflexo da afeminação

Observamos atualmente um crescimento significativo por procura de serviços relacionados à beleza. Os números registrados pelo setor nos últimos cinco anos confirmam: de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o Brasil é um dos maiores consumidores de produtos de beleza do mundo, com um mercado que ainda apresenta mercados a serem desbravados.

Em Curitiba os reflexos são claros. Hoje temos aproximadamente, direta e indiretamente 15 mil profissionais da área de beleza e estética (2ª Beauty Meeting). Com a crescente adesão do homem ao mercado de estética, a evolução da tecnologia e o aumento da preocupação com a juventude, o setor está cada vez mais aquecido.

Confesso que ainda tenho muitas dificuldades em utilizar esses novos serviços, não reflito muito esses dados contemporâneos. Culturalmente, na Escandinávia norte da Europa, meu país de origem, as atividades relacionadas com a beleza, são bem diferentes. A maneira como cortamos a barba, a quantidade de banhos semanais, as técnicas de higiene pessoal, tudo e resolvido de maneira simples e objetiva, se utilizando de técnicas e de ferramentas comuns do dia-dia para solucionar caprichos de etiqueta determinados pela sociedade. Ainda existem poucos homens como eu, mas ainda acredito na sobrevivência desses “valores”.

Fabiano Carvalho Morais é Pós-graduado em Branding – Gestão de Marca pela Universidade Positivo – Curitba PR / Brunel University – London UK. Ex-diretor de comunicação da Casa do Estudante Luterano Universotário. Atualmente e Diretor de Criação da Shop Express.

Nenhum comentário: