quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Gurgel sobre a defesa dos mensaleiros: "É a ladainha da defesa."



Depois de ouvir 35 dos 38 advogados dos réus do processo do mensalão e ser alvo de ataques pessoais, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, classificou ontem as defesas como "ladainhas" e disse que não foi apresentado fato novo que desmontasse a denúncia.
Segundo ele, já era esperado que os defensores sustentassem a tese de caixa dois para pagar dívidas de campanha e que apostassem na ideia de que a compra de voto não passou de um delírio do Ministério Público.

"Isso faz parte da técnica da defesa. É a ladainha da defesa."

Essa foi a primeira fala pública de Gurgel após defender no STF a condenação e a prisão de 36 réus.

Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário: